Cultura DevOps: por que sua empresa deveria aderir?

cultura DevOps na empresa
6 minutos para ler
Tempo de leitura 6 min

Adotar a cultura DevOps na empresa visa reduzir os custos e valores de investimentos necessários para o desenvolvimento de aplicações, acelerar a velocidade da entrega de novas funcionalidades e integrações, bem como aumentar a eficiência e a confiabilidade das soluções criadas.

Ao mesmo tempo, a metodologia DevOps garante adaptabilidade, flexibilidade e criatividade para os envolvidos nas áreas de desenvolvimento e infraestrutura.

Mas será que sua empresa está pronta para enfrentar o desafio de unir analistas de infraestrutura e desenvolvedores na mesma equipe e oferecer novos papéis para eles? Será que os esforços por aproximar esses profissionais com perfis tão diferentes são recompensados com ganhos tangíveis para seu negócio?

Continue a leitura e descubra a resposta para essas outras dúvidas comuns sobre a cultura DevOps!

O que é a cultura DevOps?

DevOps é um termo nascido da contração entre as palavras desenvolvimento e operações. Ele pode ser descrito como uma metodologia de desenvolvimento que integra os desenvolvedores e os analistas de infraestrutura com o objetivo de diminuir os esforços e trabalhos dessas equipes.

O diferencial da metodologia é focar no impacto que a entrega de funcionalidades e novas aplicações vai gerar na experiência dos usuários e em como agregará valor para o negócio da empresa, diminuindo os esforços operacionais para implementar as regras de governança, padrões operacionais e boas práticas de desenvolvimento.

Ou seja, ela elimina possíveis barreiras para a relação entre desenvolvedores e analistas de infraestrutura e orienta as atividades de ambos para a melhoria contínua dos softwares e serviços ofertados aos usuários finais.

A adoção de DevOps exige a utilização de ferramentas de automação, integração entre os times de desenvolvimento e operações, além da revisão das tarefas e padrões adotados pelas áreas envolvidas. Por alterar a rotina das equipes, criar um modelo de colaboração e redefinir papéis e responsabilidades, a utilização dessa metodologia deve ser encarada como uma mudança cultural para a empresa.

Apesar de parecer um abandono das práticas tradicionais que garantem a qualidade e a segurança dos ativos digitais, um relatório da Puppet mostra que as organizações que adotam o DevOps passam a liberar novos desenvolvimentos com frequência 200 vezes superior em relação a quem não utiliza a metodologia.

Como resultado, os ciclos de entrega ficam 2,5 vezes mais rápidos; a recuperação dos ambientes de TI acontece 24 vezes mais ágil e a taxa de falhas é reduzida em 3 vezes.

Quais são os benefícios de seguir essa metodologia?

A seguir, destacamos alguns dados do relatório de 2017 da Puppet que mostram a importância dessa cultura para as empresas. Confira:

  • equipes de alto desempenho que usam a metodologia DevOps gastam apenas 21% de seu tempo com trabalhos não planejados ou retrabalhos;
  • por outro lado, usam 49% de suas jornadas para executar novos trabalhos e oferecer recursos que agregam valor ao negócio da empresa;
  • os engenheiros de software ou arquitetos de soluções ganham aproximadamente 10% mais tempo para pensar em inovações quando comparados a cenários sem a utilização do DevOps.

Essas informações mostram que a cultura DevOps gera os seguintes benefícios:

  • diminui o tempo entre o desenvolvimento e a implementação de um novo recurso ou aplicação, melhorando a competitividade do seu negócio;
  • reduz a quantidade de bugs ao colocar um novo componente em produção;
  • melhora a coleta de dados sobre os hábitos dos usuários e acelera o desenvolvimento de funcionalidades mais aderentes às suas necessidades e comportamentos;
  • aprimora a experiência dos usuários finais com a área de TI da sua empresa, gerando maior fidelidade à sua marca;
  • gera mais inovações e insights, o que resulta na obtenção de receita adicional para sua companhia.

Como adotar a metodologia DevOps?

A adoção do DevOps passa pela mudança cultural dos times de desenvolvimento e infraestrutura. Por isso, para ajudar sua empresa a quebrar antigos paradigmas e adotar novos modelos, listamos quatro passos indispensáveis:

1. Obter apoio do gestor

Se o gestor de TI não estiver convencido dos benefícios e vantagens da metodologia, dificilmente sua equipe adotará a nova cultura com sucesso.

Sem um líder que inspire os desenvolvedores e analistas de infraestrutura a dialogar com os usuários dos sistemas, a se aproximar e cooperar para encontrar alternativas mais eficientes aos problemas de negócio, a tendência é que cada colaborador continue executando as atividades aprendidas em livros, manuais e treinamentos, sem contato com outras pessoas.

Por isso, o primeiro passo é estar convencido sobre a necessidade de mudar a metodologia e cultura de desenvolvimento da sua empresa. Também é preciso estar próximo dos colaboradores para inspirá-los a se aproximar dos usuários, bem como coletar feedbacks e pensar em modos de aperfeiçoar os sistemas desenvolvidos.

2. Começar pequeno

Usar um projeto-piloto, sem complexidade, com grande chance de sucesso e pouca necessidade de aprendizagem técnica é uma boa forma de ajudar os desenvolvedores e analistas de infraestrutura a criar hábitos e comportamentos orientados pela nova metodologia.

Mais que focar na execução do projeto, os primeiros passos devem contribuir para a interação entre os profissionais, utilização das novas ferramentas e revisão das boas práticas recomendadas.

3. Automatizar os processos

A tecnologia pode ser uma aliada na integração entre equipes de desenvolvimento e de infraestrutura. Por isso, busque ferramentas que ajudem a aplicar scripts, a compilar os códigos, a detectar falhas e a executar algumas configurações no ambiente de infraestrutura.

Quanto mais automatização em processos padrão, menor será o esforço humano em atividades que pouco agregam valor à organização.

4. Buscar auxílio de especialistas

Profissionais experientes na implantação de DevOps podem fazer uma imersão no dia a dia de sua empresa, mapear como os processos de desenvolvimento de software são executados atualmente e desenhar um roadmap que leve os colaboradores do estágio atual até um nível elevado de maturidade na cultura DevOps.

A função dessa consultoria seria a de estabelecer uma passagem progressiva e mais aderente ao seu negócio, possibilitando uma adoção da cultura DevOps sem sobressaltos e desgastes desnecessários.

Adotar a cultura DevOps não é um desafio simples de ser enfrentado, mas seus benefícios (tanto para a organização quanto para os colaboradores) compensam os investimentos, tecnologias e tempo gasto com essa tarefa!

Você acredita que a cultura DevOps poderia ser utilizada em sua empresa? Quer conhecer outras metodologias e práticas para mudar sua área de TI? Então, aproveite a visita ao nosso blog para assinar a nossa newsletter e receber novidades, dicas e recomendações diretamente em seu e-mail!

Você também pode gostar
-
Scroll Up