Conheça as novidades e vantagens do Red Hat Enterprise Linux 8

Red Hat Enterprise Linux 8: conheça as novidades e a vantagens!
6 minutos para ler
Tempo de leitura 5 min

Conforme cresce a necessidade das empresas para se adaptar às tecnologias que surgem concorrentemente, aumenta também o número de soluções para essas empresas. Foi com esse espírito de atender às necessidades, que a Red Hat disponibilizou o sistema operacional Red Hat Enterprise Linux 8 ou RHEL 8. O anúncio foi feito durante o Red Hat Summit 2019, realizado em Boston. Você deve estar se perguntando: o que há de tão especial nesse novo sistema?

Bem, o RHEL 8 oferece melhorias e inovações feitas especialmente para empresas que procuram evolução constante. O sistema foi todo repensado para trabalhar na era de cloud híbrida (clouds públicas conectadas às clouds privadas), além de apresentar ferramentas que facilitam o gerenciamento do Linux. Com ele, é possível combinar diferentes ecossistemas em um ambiente híbrido, com datacenters tradicionais e serviços de cloud públicos.

Já vimos do que se trata o Red Hat Enterprise Linux 8, agora vamos conhecer melhor o que ele traz de novidade e de benefícios:

Funcionamento do Red Hat Enterprise Linux 8

Esse sistema operacional é open source e criado para ambientes corporativos, especialmente aos setores voltados para a TI. O novo Red Hat Enterprise Linux é baseado no Fedora 28 e utiliza o kernel 4.18, funcionando tanto nos processadores de 64 bits da Intel como da AMD. O sistema é baseado nos princípios de “consistência operacional, segurança e fundação cloud”, trazendo várias inovações que garantem esses princípios.

Sobre a consistência operacional, podemos citar que o Red Hat Insights agora é incluso no RHEL 8 junto à possibilidade de gravação da sessão do usuário para maior segurança. O Red Hat Insights tem ferramentas para prover administradores do sistema com análises, aprendizado de máquina e controles de automação.

Já em segurança, o novo sistema oferece políticas de criptografia forte, possuindo suporte embutido para os padrões OpenSSL 1.1.1 e TLS 1.3. Por fim, sobre a fundação cloud, o Red Hat Enterprise Linux 8 disponibiliza opções mais modernas para melhor estabilidade, flexibilidade e performance com containers e imagens.

Além disso, o sistema apresenta a versão mais recente do Red Hat Virtualization, a versão 4.3, que pode ser comparada ao ambiente do VMWare.

Inovação

O que as empresas mais procuram para melhorar a gestão dos negócios e o monitoramento de recursos são ferramentas inovadoras. Nesse sentido, o Red Hat Enterprise Linux 8 é um prato cheio! Começando pelo fato de poder trabalhar facilmente com clouds híbridas, conceito que cresce exponencialmente.

Além disso, o novo SO conta com novas cargas de trabalho implantadas, com poderosos recursos e ferramentas, permitindo sua execução em diversos ambientes. O RHEL 8 fornece várias opções pensadas para que desenvolvedores tenham a possibilidade de criar aplicações inovadoras.

Maior liberdade para os desenvolvedores

Nessa versão do Red Hat Enterprise Linux, os desenvolvedores obtêm mais liberdade para escolher as melhores configurações do sistema. Ele oferece maior controle, possibilitando a alternativa de utilizar ou não linhas de comando, tendo, nesse caso, uma interface simples e intuitiva para iniciantes. Essa interface possibilita controle local, remoto ou virtual sem utilização de comandos no terminal.

Ele também conta com o fluxo de aplicações, que oferece atualização de aplicações de forma independente do sistema operacional. Isso torna o ambiente operacional mais prático para os desenvolvedores. Além disso, desenvolvedores iniciantes não terão dificuldades em aprender a manipular esse SO, mesmo que não conheçam versões anteriores.

Mais controle das operações

O Red Hat Enterprise Linux 8 é equipado com novas ferramentas para trabalhar com containers no sistema. A tecnologia de containers diz respeito a um conjunto de processos para empacotamento e organização de processos computacionais. Essa tecnologia aumenta a eficiência de aplicativos e softwares, tornando as operações mais leves.

As ferramentas disponíveis no RHEL 8 para manipulação de containers são: Podman, Buildah e Skopeo. O Podman permite a criação e gerenciamento de imagens de container diretamente. O Buildah é uma ferramenta de build para controlar o modo como as camadas são compostas e os dados são acessados nas compilações. Por último, o Skopeo possibilita a migração, assinatura e verificação de imagens entre servidores de registro e hosts de containers.

Segurança

Como dito anteriormente, o RHEL 8 tem suporte embutido para OpenSSL 1.1.1 e TLS 1.3, que ajuda a manter a conformidade da criptografia. Outra vantagem é que o sistema minimiza a superfície de ataque, pois implanta somente os pacotes necessários para a carga de trabalho. Isso é muito bom para proteger dados da empresa e de terceiros contra indivíduos mal-intencionados.

O Red Hat Insights também atua na segurança providenciando a detecção proativa de vulnerabilidades, disponibilidade e escalabilidade. Assim, é possível encontrar de forma mais fácil e rápida os problemas que possam ocorrer no funcionamento do Red Hat Enterprise Linux 8.

Redução da complexidade

O Red Hat Enterprise Linux 8 proporciona uma automatização de processos capaz de reduzir muito o nível de complexidade do sistema. Com ele é possível gerenciar datacenters e diversos ambientes empresariais com facilidade e eficiência. Mesmo que você não seja expert em versões anteriores, é fácil aprender a manipular o RHEL 8.

O RHEL 8 conta com uma ampla documentação para auxiliar iniciantes ou esclarecer dúvidas acerca de seu funcionamento. Mesmo assim, suas ferramentas são bem intuitivas e de fácil aprendizado, tornando simples a implantação do sistema em ambientes empresariais com pessoas de níveis variados.

Viu só quantas vantagens o Red Hat Enterprise Linux 8 pode oferecer para sua empresa? Ao utilizá-lo, é possível integrar diversos serviços e facilitar processos, beneficiando tanto os desenvolvedores quanto a própria instituição. É importante ficar atento às atualizações do sistema operacional e outras novidades, como softwares e ferramentas desenvolvidas exclusivamente para ele.

Mesmo com o lançamento da oitava versão do Red Hat Enterprise Linux, é bom saber que tanto a versão 6 quanto a 7, lançada 5 anos atrás, ainda não serão descontinuadas. De qualquer forma, é possível atualizar para a nova versão a qualquer momento, caso você tenha subscrição no Red Hat Enterprise Linux pelo site oficial.

Ficou interessado nas inovações do Red Hat Enterprise Linux 8? Assine a nossa newsletter para ser notificado sobre outros artigos como este!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-
Scroll Up