O que é e por que usar a nuvem híbrida?

vSphere
7 minutos para ler
Tempo de leitura 6 min

O armazenamento em nuvem é um tipo de serviço cuja finalidade é manter, gerenciar e armazenar os dados para backups, virtualização de ferramentas, hospedagem de aplicativos etc.

Atualmente, há três modelos principais de arquitetura dessa tecnologia em nuvem: pública, privada e híbrida. Cada uma tem suas vantagens próprias e sua empresa deverá decidir com base na necessidade interna. De toda forma, você precisará contar com bons softwares para gerenciá-las adequadamente. O vSphere, por exemplo, é uma ferramenta essencial, principalmente quando se está utilizando a nuvem híbrida.

Essa ferramenta é fornecida pela VMware, atualmente a maior referência mundial em hybrid cloud e virtualização. Escolher os produtos desse fornecedor garante segurança, estabilidade e também um excelente suporte. Para entender melhor essa tecnologia, continue a leitura e tire suas dúvidas!

O que é nuvem híbrida?

A nuvem híbrida é um serviço de integração de nuvens públicas e privadas capaz de executar as mais diversas tarefas em uma mesma organização, como integração com sistemas de virtualização.

Para entender a nuvem híbrida, é importante conhecer também os conceitos dessas duas modalidades:

  • nuvem privada — em vez de conectar todos os computadores a um servidor por meio de cabeamentos e hardware, você fará essa conexão por meio da Internet. Você continua tendo um servidor próprio, que pode ser instalado dentro do espaço físico da empresa ou contratado como um data center terceirizado em um serviço conhecido como IaaS (Infrastructure as a Service);
  • nuvem pública — em vez de hospedar seus arquivos em um servidor interno, você contratará esse serviço de um provedor, o qual vai armazenar seus dados em servidores compartilhados.

Caso você tenha diferentes ambientes de nuvem (público e privado), é interessante usar uma plataforma de gerenciamento capaz de abranger todos eles, como a nuvem híbrida, já que administrá-los individualmente pode resultar em esforços desnecessários e possíveis riscos de segurança.

O objetivo da nuvem híbrida é proporcionar um cenário em que ela possa ser usada pelas empresas a fim de obter a escalabilidade e o baixo custo oferecidos pelo ambiente de computação em nuvem pública sem expor suas aplicações e dados e sem deixá-los vulneráveis.

Além disso, a nuvem híbrida oferece o que normalmente é a melhor e mais eficiente solução, visto que múltiplas categorias de dados podem ser transferidas para qualquer plataforma que conceda o ambiente mais eficaz e seguro. A oferta do serviço híbrido varia bastante. Por exemplo, alguns oferecem apenas uma conexão entre nuvens locais e públicas.

Quais são as funcionalidades das nuvens híbrida, privada e pública?

Os serviços de nuvem privada — que não estão disponíveis para o público — são usados somente por uma empresa, pois o fornecedor pega os dados dela e os envia para um local remoto, onde é completamente separado dos dados de qualquer outro cliente.

Além de essa tecnologia ser exclusiva, ela deve estar por trás de um firewall, o que resulta no controle e gerenciamento apenas dos proprietários. Geralmente, o setor de TI do seu negócio será o responsável pela administração dela — tarefa que demanda as ferramentas certas, como o vSphere.

Na nuvem pública, você não é responsável pelo gerenciamento da hospedagem dos serviços. O armazenamento das informações é feito por um data center do provedor e este tem o papel de administrar, fazer a manutenção e desenvolver os recursos compartilhados.

Esse tipo de ambiente de nuvem é atraente para muitas empresas porque reduz o tempo de espera da implementação de novos dados, por exemplo.

As funções da nuvem híbrida são distribuídas entre nuvens públicas e privadas, em que os dados mais sensíveis são mantidos dentro da rede da organização (por meio de uma nuvem privada), ao passo que outros serviços podem ser hospedados fora dessa rede, nas nuvens públicas.

Com os programas certos de gerenciamento, os usuários podem alternar entre os serviços de nuvem privada e pública nos processos cotidianos da empresa sem ter nenhuma dificuldade.

Por que usar a nuvem híbrida?

A nuvem híbrida obtém destaque principalmente por dois motivos: escalabilidade e flexibilidade.

Escalabilidade

A nuvem híbrida é um ambiente adaptável às necessidades de cada empresa, seja por espaço, memória ou velocidade. Assim, as funções são inicialmente hospedadas em uma nuvem privada, mas passadas rapidamente para a nuvem pública após uma triagem, que poderá definir que alguns dados sejam descartados ou armazenados na nuvem privada por questões de segurança.

Ou seja, no modelo híbrido, você poderá receber a maioria dos dados e requisitar um upgrade da sua conta pública apenas quando perceber que a demanda por mais armazenamento está realmente alta. A nuvem privada serve como uma reserva de capacidade.

Se o seu foco for a nuvem privada, você pode aplicar o mesmo raciocínio e hospedar os arquivos menos importantes na pública até que a compra ou contratação de novos servidores seja realmente necessária.

Flexibilidade

Com uma alta demanda, ter os serviços tanto da nuvem pública quanto os da privada disponíveis permite que as organizações tenham um leque de opções quando precisam escolher o melhor serviço para determinada demanda.

Assim, nos casos de aplicativos que não incluem dados sensíveis dos clientes, é possível hospedar as informações na nuvem pública. Isso permitirá que você ofereça produtos mais baratos. Por outro lado, quando a segurança é o foco, como no caso de dados de pagamento, tudo será armazenado na nuvem privada.

O que é e como funciona o vSphere?

O vSphere é um software do grupo VMware que tem a função de melhorar o desempenho da nuvem dos seus usuários. Sua principal função é ser um hypervisor bare-metal para a virtualização de servidores. Desse modo, você pode reduzir a utilização do software por meio da consolidação de aplicativos. Para isso, ele oferece várias ferramentas úteis, como:

  • um data center seguro definido por softwares. Assim, mesmo virtualizando a função de servidor, você contará com todo o suporte para proteger aplicativos, dados e infraestrutura;
  • recursos de segurança avançados totalmente integrados ao hipervisor e baseados em aprendizagem de máquina. Ou seja, você contará com ferramentas que conseguem verificar os padrões de uso da nuvem para verificar ameaças. Assim, há uma resposta mais rápida a qualquer falha de segurança, intencional ou não;
  • gerenciamento da nuvem híbrida de modo que você pode contar com uma estrutura muito funcional para executar, gerenciar e proteger seus aplicativos mesmo que eles rodem utilizando ambientes mistos de nuvem privada e pública.

Utilizar a nuvem híbrida traz mais versatilidade para o seu negócio. Se a sua dúvida de migrar para esse modelo era a dificuldade de gerenciamento, esse problema é resolvido pelo vRealize Suite. Nele, várias ferramentas foram integradas para oferecer uma excelente experiência de virtualização e de cloud computing.

Se você quer saber mais sobre as melhores ferramentas digitais para seu negócio, não deixe de assinar nossa newsletter!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-
Scroll Up