BPMS e decision manager: entenda como essas ferramentas se relacionam

BPMS e decision manager
6 minutos para ler
Tempo de leitura 6 min

Quando falamos em BPM ― Business Project Management ou Gerenciamento de Processos de Negócios ―, não existem muitos segredos, já que é um método bastante conhecido e aplicado na maioria das empresas. Apesar de muitas vezes não envolver a TI, ele precisa englobar e definir todos os processos.

Mas tudo mudou com a chegada da Quarta Revolução Industrial! Tornou-se crucial a adoção de ferramentas como BPMS ― Business Project Management System ― e um motor de regras de negócio, como o Decision Manager, para que a transformação digital realmente aconteça.

Se você ainda não trabalha com elas, dificilmente conseguirá sobreviver no mercado. Para que sua organização continue à frente, que tal aprender um pouco mais sobre essas soluções? Acompanhe o post!

O que é BPMS

Antes, vamos voltar um pouco e explicar o conceito de BPM. Toda empresa tem inúmeros processos  da linha de produção às transações do departamento financeiro  e, muitas vezes, não tem a automatização da TI.

BPM é a ciência de detalhar cada processo ao máximo e documentar o ciclo de vida de cada um. Por meio de documentação e análise, é possível localizar os setores que necessitam de melhorias.

BPMS ― Business Project Management System ― é quando você integra todos os departamentos e processos de forma automatizada por meio de ferramentas e soluções que atendam às regras da sua empresa. Sim, são programas!

Esse é um sistema avançado de criação de fluxos de trabalho e monitoramento para ver como eles podem ser aprimorados. Obviamente, o objetivo é mitigar os erros humanos, as ineficiências e a falta de comunicação entre as pessoas.

Ele possibilita aos colaboradores que concentrem seus esforços nas atividades de core business de sua organização e deixem de perder tempo com processos administrativos ou repetitivos.

Decision Manager

Quando conhecimento, especialização e análise não são considerados, as operações são encaixadas em um processo ou uma definição de dados, criando gargalos e sistemas inflexíveis codificados ― os temidos pacotes engessados, que acabam fazendo com que os colaboradores retornem às tarefas manuais ou recorram ao Shadow IT.

A utilização de um motor de regras de negócio é uma abordagem comprovada para escalar os principais recursos das regras de negócios e conseguir uma análise preditiva das informações coletadas. Esses fatores são essenciais para trabalhar com grandes volumes de dados e atender às necessidades dos requisitos operacionais e às expectativas dos usuários e clientes. O Decision Manager é uma plataforma desenvolvida pela Red Hat que entrega um motor de regras de negócio.

Ao automatizar o gerenciamento, é possível trazer objetividade à tomada de decisões empresariais: padronizando cada etapa e definindo de forma preditiva todos os critérios.

O Decision Manager gerencia, principalmente, as interações com clientes, fornecedores e colaboradores.

Entretanto, essa ferramenta exige compilação e análise cuidadosa de dados históricos para que seja possível a orientação das decisões. Isso resulta em um processo de seleção automatizado, eficiente e simplificado.

Diferenciais do BPMS

O BPMS tem várias vantagens associadas.

Modelagem de processos de negócios

É possível criar e testar os processos e fluxos de trabalho desenhados no sistema. Normalmente, a empresa consegue utilizar uma ferramenta de design de processo visual.

Flexibilidade

Qualquer processo pode ser desenhado e analisado, como:

  • gerenciamento de contas;
  • gerenciamento de dados;
  • gestão de vendas;
  • gestão da cadeia de suprimentos;
  • relatório de despesas;
  • gerenciamento de faturas;
  • gerenciamento de projetos.

Colaboração

Funcionalidades habilitadas para comunicação, como gerenciamento de decisões, gestão de ideias e grupos de discussão. Esse ambiente colaborativo é excelente para uma comunicação eficaz dentro da organização.

Relatórios

Relatórios analíticos e gerenciais podem ser criados, mas só serão realmente eficientes se a equipe desenhar corretamente as necessidades de cada processo e/ou do projeto. Contudo, é possível definir métricas, obter insights e gerenciar relatórios com facilidade.

Diferenciais do Decision Manager

Os tópicos abaixo evidenciam ainda mais os sistemas de Decision Manager.

Regras de negócio

O Decision Manager simplifica a análise de regras de negócios e a implementação do DBMS:

Análise preditiva

Abordagens analíticas enfatizam a importância de entender os objetivos e requisitos do projeto a partir de uma perspectiva de negócios. O Decision Manager consegue capturar esse entendimento em um formato repetível e compreensível.

Em conjunto com a Inteligência Artificial, é possível analisar os dados e exibir a análise preditiva dos processos definidos pelo fluxo de negócios.

Business Intelligence

Painéis e relatórios de Business Intelligence dão suporte à decisão porque são capazes de exibir um caminho a ser seguido pela diretoria. Portanto, os requisitos e o design desses sistemas raramente consideram decisões explicitamente.

O sistema cria um design de painel organizado ― dashboard ―, fornecendo uma estrutura lógica para ir além da apresentação de informações até previsões e recomendações para que os gerentes possam evoluir de “O que aconteceu?” para “Que ações podem ser tomadas?”.

Tomada de decisão

Naturalmente, também podemos eliminar o envolvimento humano, implantando um processo em um mecanismo de execução de regras de negócios como o RedHat JBoss BRMS.

Em contraste com um aplicativo de software comum, um mecanismo de execução de regras de negócios não depende da lógica da decisão codificada; os usuários podem fazer alterações em um diagrama e transferi-las como uma atualização, sem envolver programadores.

Como eles se relacionam

Novas ferramentas de BPMS tornam possível automatizar o fluxo do processo para maximizar a eficiência e aumentar as saídas. No entanto, o Decision Manager não é implementado de forma ampla ― ainda.

Essas ferramentas são complementares e as organizações inovadoras usam ambas para revolucionar a forma como os negócios são feitos.

A combinação de gerenciamento automatizado de decisões comerciais e gestão de processos de negócios de alta qualidade é um conceito frequentemente chamado de “automação inteligente”.

Ao coletar dados históricos e analisá-los, a tecnologia inteligente pode aprender a escolher o próximo passo apropriado com base em sua linha de aprendizado. Isso promete transformar a eficiência e eficácia do seu negócio.

Seus clientes confiam na sua empresa para criar um produto ou serviço de alta qualidade, mas você só será bem-sucedido quando seus processos atuais estiverem adequados. Felizmente, a tecnologia avançada torna o gerenciamento de processos mais fácil do que nunca. Essas ferramentas são a chave para levar o seu negócio para o próximo nível.

Esperamos que tenha aprendido bastante sobre BPMS e Decision Manager. Não perca mais tempo e fique por dentro das nossas novidades! É só nos seguir nas redes sociais: FacebookTwitter LinkedIn.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-
Scroll Up